Jornalismo periférico:

por uma práxis decolonial e antirracista

Autores

  • Edilaine Heleodoro Felix Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.31657/rcp.v7i13.662

Resumo

Este artigo apresenta uma análise de projetos de jornalismo periférico localizados na cidade de São Paulo, que funcionam como agências, coletivos, laboratórios. A proposta inicial é identificar a contribuição desses projetos periféricos de jornalismo no fornecimento de uma maior diversidade de temas e práticas jornalísticas, bem como na construção de narrativas mais adequadas às realidades das periferias. Após levantamentos preliminares e a adoção de conceitos de jornalismo e decolonialidade, é possível destacar algumas iniciativas periféricas relevantes, como a Agência Mural de Jornalismo das Periferias, Énois, Desenrola e Não Me Enrola, Preto Império e Periferia em Movimento, que estão em busca de umjornalismo antirracista e decolonial.

Downloads

Publicado

27/10/2023

Como Citar

Jornalismo periférico: : por uma práxis decolonial e antirracista. (2023). PAULUS: Revista De Comunicação Da FAPCOM, 7(13). https://doi.org/10.31657/rcp.v7i13.662